22 abril 2011

Confiança Esporte Clube



O Confiança Esporte Clube é um clube de futebol da cidade de Sapé, no interior da Paraíba. Fundado no dia 22 de abril de 1953, passando boa parte de sua trajetória como um time amador da região, mas se profissionalizou novamente e conquistou o Campeonato Paraibano de 1997. O clube tem como mascote o Diabo da Tasmânia, mais conhecido como Taz.


O clube fundado em 1953, disputou pela primeira vez o Paraibano no ano de 1958, porém virou realmente um clube profissional em 1996, quando disputou novamente o Campeonato Paraibano e fez uma campanha acima da média, ficando em 3° lugar na somatória de pontos do primeiro e segundo turno.

Confiança em 1996

No ano de 1997 o time cravou seu nome na história do torneio estadual, o clube rubro-negro venceu o segundo turno da competição em cima do Botafogo e conquistou uma vaga na final do torneio. O time entrou no octogonal final com um ponto extra e fez jus a conquista no segundo turno, e com humildade e determinação conquistou o impensável Campeonato Paraibano, um marco para a cidade e para aquele clube.

Time campeão em 1997

Em 1998 o time iria disputar a Copa do Brasil, mas acabou cedendo sua vaga ao Botafogo, assim não dando explicações claras sobre a sua desistência, porém acabou disputando o torneio estadual de 1998, ficando na lanterna no primeiro turno, mas se recuperando e escapando do rebaixamento com folga no segundo turno da competição.

Em 1999 fez uma péssima campanha e acabou nas últimas colocações do campeonato. Desde ali o time se licenciou e apenas disputa competições citadinas e de sua região na Paraíba, sendo até campeão da Copa Rural em 2005. O time fica de fora principalmente pela falta de um estádio em condições de receber jogos no estadual.

Uma reportagem feita pelo jornal O Norte em 2002 resume a situação do time vivida até hoje:


Confiança de Sapé luta para recuperar estádio
Campeão paraibano de 1997, rubro-negro briga na Justiça para continuar jogando em casa
Michele Amorim, Repórter
Representantes da diretoria do Confiança Esporte Clube de Sapé, fundado em 22 de abril de 1953, fizeram a denúncia de que Abel Cavalcante teria se apropriado do terreno onde se localizava o estádio de futebol tendo destruído o mesmo, pois no local estaria fazendo um loteamento. Segundo o presidente do Confiança, Edvaldo Batista, o terreno (de 11 mil metros) do estádio foi doado verbalmente ao clube pela Sambra - Sociedade Agurdureiro do Nordeste Brasileiro e de acordo com o apresentado, após a falência da empresa esta vendeu todos os seus complexos menos o terreno citado. "O interessante é que nem a câmara de vereadores nem o prefeito tomam nenhuma atitude para preservar o espaço do povo", diz Edvaldo Batista.
Sapé é uma cidade com, aproximadamente, 60 mil habitantes que convive com o clube de futebol há 48 anos. O Confiança foi campeão da segunda divisão em 1974 e campeão profissional do campeonato estadual em 1997. Atualmente não pode participar das competições porque não conta com um estádio para realizar os jogos.
Edvaldo afirma que apesar do clube ter uma equipe técnica não pode treinar os seus jogadores devido à falta de lugar. "Isso nos causa grandes danos, pois o clube fica sem ter movimentação financeira, conseqüentemente não consegue pagar suas dívidas nem salários", conclui. De acordo com secretário de Administração do município, Romero Baunilha Neto, a prefeitura de Sapé não se posicionou sobre este assunto, pois Abel Cavalcante entrou na justiça e ganhou. "Não podemos ir contra um resultado judicial".
No entanto, Romero divulga que a prefeitura junto com o ministério dos esportes pretende iniciar em abril deste ano às obras para a construção de um novo estádio. O pedido de desapropriação do terreno já foi encaminhado e este projeto beneficiará o Confiança, assim como, todos os outros times que vierem a existir.
Uma história que já dura 10 anos
Sobre tudo isso que está acontecendo Abel Cavalcante informa que comprou o terreno da Sambra em 1976 na companhia de Adalberto Sales, secretário do clube na época. Neste mesmo ano, o prefeito José Feliciano da Silva alugou o terreno e construiu o alambrado, o túnel o vestiário, banheiros e o plantio da grama mesmo sem a autorização do dono. "Quando eles começaram a atrasar o aluguel e pensei em entrar na justiça". Abel diz que a prefeitura não ganhou o pedido de indenização, que ficava em torno de Cr$ 37.621.216,00 porque faltava a sua autorização. Logo após o Confiança entrou na justiça e perdeu em todas as estâncias, a última foi um pedido de indenização que também foi negado. "Eu havia me proposto a pagar uma determinada quantia, mas o olho cresceu e eles quiseram mais, resultado: ficaram sem nada", complementa Abel Cavalcante.
Esta história se estendeu por mais de dez anos e em 17 de agosto de 1999 o dono do terreno recebeu o campo. "Eu não tenho nada a ver com a decadência do clube, isso porque um ano antes de eu receber o terreno ele já não jogavam mais no campeonato estadual", afirma Abel.
O terreno onde antigamente aconteciam os jogos de futebol agora virou loteamento. O edital foi publicado em 07 de dezembro do ano passado em vários jornais do estado. Como não houve reclamações no prazo de trinta dias, as construções puderam ser iniciadas. "Está tudo de acordo com o que a lei manda. As pessoas não podem falar de mim, pois eu não fiz nada de errado", conclui o reclamado.
Clube não está mais filiado à FPF
A respeito de todo o processo envolvendo o Clube de Sapé, a presidente da Federação Paraibana de Futebol - FPF, Rosilene Gomes diz que o clube não existe mais perante a federação. "Em 1997 ele foi campeão estadual e na época da copa do Brasil deu a vez para o Botafogo sem prestar satisfação alguma". Quanto ao campo de futebol ela diz que isso é um problema da prefeitura, pois o clube representa a sua cidade. Por este motivo não é possível que ele jogue em outros municípios. Atualmente, tem 15 equipes participando do campeonato estadual, sendo que ele inicia no dia 24 de março e tem previsão de término no mês de julho. Caso o Confiança queira voltar a jogar ele terá que fazer uma refiliação em nível de Confederação Brasileira de Futebol e isso gera custos, mas a presidente não sobe informar o valor.
E mais
O Confiança chegou a solicitar inclusão no Campenato Paraibano de 2002, mas a Federação negou o pedido por falta de estádio. Em 1997, o clube sapeense conquistou o único título estadual do brejo paraibano em todos os tempos, mas abdicou do direito de disputar a Copa do Brasil do ano seguinte.
Segundo a versão oficial, o rubro-negro não teria ceitado jogar em João Pessoa, como fizeram o Sousa em 1995 e o Santa Cruz em 1996/97. Extra-oficialmente, porém, existe a denúncia de que muitos jogadores vinculados ao Confiança estavam com suas situaçãoes irregulares na CBF.

Enquanto isso o Confiança vai fazendo o possível para arrecadar dinheiro para arrumar o seu estádio em Sapé.

  Diretores e sala de troféus


Escudo Anterior


Mascote
Taz


Estádio

Ribeirão

Nome: Estádio Municipal Luiz Ribeiro Coutinho
Local: Sapé/PB
Capacidade: 2500 pessoas
Inauguração:
Primeiro Gol:
Recorde de Público:
Propriedade: Prefeitura Municipal de Sapé

4 comentários:

  1. Oi, tudo bem! Gostava de saber como contactar com vocês para propor uma pareceria .
    O meu mail é refsporty4@gmail.com .

    Obrigada.
    Ciao!

    ResponderExcluir
  2. Que saudades do velho bicho papão (Confiança Esporte clube), campeão paraibano de 1997, lutando contra todas as forças do futebol, inclusive a federação que visivelmente favorecia os clubes da capital João Pessoa e de Campina Grande.

    ht.filho@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Boas!

    Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

    Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

    http://davidjosepereira.blogspot.com/

    Saudosos cumprimentos!

    ResponderExcluir
  4. boa. o meu neme e flavio e eu esta la na conquista desse titulo do confiança de 97 posso fala.o confiança foi um time guerreiro lutou contra tudo e contra todos principalmente contra essa Sra.rosilene que hoje e um ricardo teixeira dois do futebol paraibano. os clube pb tem que si movimentares contra essa prisidenta ela esta levando o futebol paraibano a falencia.obg

    ResponderExcluir

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *