02 maio 2010

Agremiação Sportiva Arapiraquense


A Agremiação Sportiva Arapiraquense, ou ASA de Arapiraca, é um clube esportivo da cidade de Arapiraca, no interior de Alagoas. Fundado no dia 25 de setembro de 1952, é um dos principais times do estado alagoano, além de ser o time com mais títulos na década inicial do séc. XXI.

Em 1951, o prefeito de Arapiraca era o Dr. Coaracy da Mata Fonseca. A cidade começava a crescer. A empresa Camilo Colier construía a estrada de ferro, exigindo grande mão-de-obra. Nos dias de folga, os trabalhadores procuravam o futebol como forma de lazer e requisitaram aos donos da Camilo Colier a criação de um campo de futebol. O primeiro time formado pelos funcionários foi chamado de Ferroviário e como cores tinha o preto e branco.

A estrada de ferro foi construída e o Ferroviário desativado. Após isso houve reunião entre várias pessoas influentes na cidade e os mesmos decidiram no dia 25 de setembro de 1951 criar a Agremiação Sportiva de Arapiraca para representar a cidade. Teve como primeiro presidente Antônio Pereira Rocha.

Em 1953 disputou seu primeiro torneio estadual e foi campeão do mesmo, já que o regularmento dizia que o campeão do interior jogaria a final contra o campeão da capital. O Ferroviário, campeão da capital, se recusou em jogar a final contra o ASA e o time arapiraquense foi declarado campeão, embora foi reconhecido somente em 1998, quando acharam um arquivo da Gazeta de Alagoas.

Asa campeão em 1953

Na década de 1960 o ASA fez excursões no Nordeste, obtendo brilhantes vitórias. Em 1967 e 1970 foi vice.

No ano de 1977 modifica seu nome para Agremiação Sportiva Arapiraquense e também muda de escudo.

Em 1979 participa pela primeira vez em sua história do Campeonato Brasileiro, já que foi vice campeão alagoano. Não fez feio no campeonato, chegando até a segunda fase da competição, quando foi eliminado. Conseguiu também emplacar uma sequência de cinco vitórias consecutivas. Ficou na quadragésima posição e ganhou o apelido de ''Fantasma das Alagoas''.

Em 1982 o time muda novamente de escudo, acrescentando a cor verde ao time em alusão ao fumo, que até então era a principal fonte de renda da terra arapiraquense. Um ano depois o alvinegro volta a ser utilizado. Os anos 80 foram anos sem muita glória para o Alvinegro, sendo citado na música ''E Se'' de Chico Buarque e Francis Hime. O verso é: e se o Arapiraca for campeão. Lembrando que na época o título de 1953 ainda era do Ferroviário.

O time voltou a fazer boa campanha em 1991, quando foi vice no estadual.

Em 2000 o time volta a usar o escudo dos anos 70 e dá resultado: após 47 anos de espera, o ASA volta a ser campeão ao bater o CSA na decisão.

ASA campeão em 2000

Em 2001 repetiu a dose contra o CSA e acabou se tornando bi em Alagoas, marcando o início de uma grande fase na história do ASA Gigante.

ASA campeão de 2001

Em 2002 conseguiu uma das maiores façanhas da história do clube. Na Copa do Brasil o ASA eliminou o Palmeiras vencendo por 1 x 0 em Arapiraca e perdendo por 2 x 1 no Palestra Itália, mas se classificando pelo gol marcado na casa do adversário. Na segunda fase acabou sendo eliminado pelo Confiança.

Em 2003 voltou a ser campeão alagoano ao vencer o CRB na decisão, chegando a enfiar 4 x 1 na primeira partida, em Maceió. Na segunda perde por 2 x 1 no Fumeirão, mas fica com o quarto troféu de sua história.

Em 2005 também vence o campeonato alagoano, dessa vez em cima do Coruripe.

No ano de 2008 o time é vice campeão em Alagoas, mas consegue se mante na Série C do Campeonato Brasileiro, já que a Série D estava sendo criada, dando o presente para sua apaixonada torcida.

Torcida alvinegra lotando o Fumeirão

Em 2009 se sagra campeão alagoano ao vencer os dois turnos do campeonato estadual. Esse foi o sexto título da maior equipe do interior alagoano.

ASA campeão em 2009

Na Série C de 2009 mostrou mais uma vez a sua força. Passou para a segunda fase com méritos e enfrentou o Rio Branco na fase posterior. Empatou em 1 x 1 no Fumeirão, e com um sofrido empate em 2 x 2 na Arena da Floresta, acabou dando mais uma alegria a sua torcida: o acesso para a Série B de 2010. O time eliminou ainda o Icasa nas semifinais e chegou na finalíssima, mas acaba perdendo o título da Série C para o América-MG.

Jogo decisivo contra o Rio Branco no Acre

Em 2010 começa o ano de forma estranha, perdendo o título estadual em pleno Coaracy da Mata para o Murici.


Escudos Antigos

Um dos primeiros escudos
Anos 70

Anos 80


Mascote

Fantasma



Estádio

Fumeirão

Nome: Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca
Local: Arapiraca/AL
Capacidade: 15000 pessoas
Inauguração: 25 de setembro de 1952, no jogo ASA 3 x 0 Cruzeiro de Arapiraca
Primeiro Gol: Léo Alagoano (ASA)
Recorde de Público: 25000 pessoas, no jogo ASA 0 x 3 Corinthians no dia 27/11/1977
Propriedade: Prefeitura Municipal de Arapiraca
Obs: Coaracy da Mata foi prefeito da cidade de Arapiraca.


Hino

Letra: Prof. Pedro de França Reys
Música: Maestro Jovelino José de Lima

Na terra dos marechais, um clube esportivo se destaca.
Pelo valor de seus craques, o ASA DE ARAPIRACA
O seu pendão alvi-negro,
sai com garbo varonil,
conquistando sempre vitórias,
sob os céus deste Brasil.Oh! craques da esportiva,
o ASA gigante tornai.
Com bravura e galhardia,
ide avante. Lutai! Lutai!
Oh! ASA da minha terra,
aos píncaros da glória voai,
e aos vossos admiradores,
os loiros da vitória legai.
Orgulhoso e altaneiro,
o ASA sempre de pé,
ficará nas páginas da história,
da terra de Manoel André.

Link: http://www.youtube.com/watch?v=bAFGXEbWUT0


0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *