26 fevereiro 2010

Duque de Caxias Futebol Clube



O Duque de Caxias Futebol Clube é uma agremiação esportiva da cidade com o mesmo nome, na baixada fluminense, no Rio de Janeiro. Fundado ao dia 8 de março de 2005, suas cores são o laranja, branco e azul, que justificam a alcunha de ''tricolor da baixada". O Duque é um clube jovem, porém que já tem grandes feitos maiores que muitos times mais velhos que ele.

Foi fundado a partir de um antigo clube da cidade, mais precisamente do bairro de Xerém, o Tamoio Futebol Clube, fundado no dia 22 de fevereiro de 1957. O time jogava no estádio Neobey Brandão, que deu origem ao atual estádio do clube, o Marrentão. O tricolor foi fundado para promover o futebol da cidade, que andava sem nenhum representante na elite estadual.

A primeira partida do clube foi contra o Condor, de Queimados, onde o clube duquecaxiense perdeu por 2 x 1 no Louzadão. No primeiro campeonato ficou em 6° lugar na Copa Rio.

Duque de Caxias em 2005

No ano seguinte conseguiu disputar a segunda divisão do Rio, até chegou no quadrangular decisivo, porém não conseguiu o acesso.

2007 foi um ano excelente ano para o tricolor, quando ficou em 6° lugar na Copa Rio, conseguindo se classificar para a Série C de 2008 e ficando em 5° lugar no campeonato carioca da segunda divisão, conseguindo o acesso a elite estadual, quando a FERJ aumentou o número de clubes na elite, conseguindo o objetivo após a fundação da agremiação.

O tricolor em 2007

2008 é um ano mais marcante ainda, quando conseguiu um 12° lugar entre 16 times, também conseguindo enfiar 5 x 2 no tradicional América e sua vaga na Copa Rio de 2009.

A grande surpresa foi na Série C, conseguindo no sufoco a classificação para a segunda fase, em que se classificou para a terceira fase, garantindo sua permanência na terceirona de 2009. Mas o sucesso foi além. Na terceira fase o time ficou colado com o Guaratinguetá, mas conseguiu a vaga no octogonal pelo número de gols marcados. No Octogonal, o time superou as expectativas, e mesmo não jogando em Duque de Caxias por conta da capacidade do estádio, conseguiu triunfar e mesmo perdendo para o Confiança por 3 x 2, garantiu a vaga na Série B de 2009 em menos de 4 anos de existência. O time ficou no 4° e último lugar que garantia a vaga.

Duque de Caxias Série B 2008


Jogo decisivo com o Confiança

No estadual o tricolor estreou contra seu maior rival, o Tigres do Brasil. Porém na competição clube decepcionou sua torcida, lutando arduamente contra o rebaixamento, sendo que conseguiu escapar nas últimas rodadas. Com isso já se tinha um certo receio pela campanha do clube na Série B. Mas o time calou a boca de todos os críticos, ficando num honroso 8° lugar. O destaque do time foi o atacante Edivaldo, que fez 14 gols na competição. A marca negativa vai para os públicos ruins na competição, muitas vezes por jogar fora de sua cidade, pela baixa capacidade dos estádios da cidade.

Duque de Caxias na Série B contra o Brasiliense

Duque no jogo contra o Figueirense


Torcida do Duque no Marrentão

Em 2010 conseguiu se manter na primeira divisão do estadual, mas tendo que disputar o triangular da morte.

Escudo Antigo



Mascote

Águia



Estádio

Marrentão


Nome: Estádio Romário de Souza Farias
Local: Duque de Caxias/RJ
Capacidade: 7000 pessoas
Inauguração: Duque de Caxias 1 x 1 Vasco da Gama, 04/10/2007
Primeiro gol: Madson, do Duque de Caxias
Recorde de público: 6000 pessoas (3000 pagantes) - Duque de Caxias 2 x 0 América-MG, 31/08/2008
Propriedade: Prefeitura de Duque de Caxias
Obs: Romário de Souza Farias, um dos maiores atacantes da história, com mais de 1000 gols na carreira. Ídolo principalmente no Flamengo, Vasco e com boa passagem no Barcelona, tem como principal título a Copa do Mundo de 1994.

Obs 2: Foi construído no terreno do antigo estádio Neobey Brandão, utilizado pelo Tamoio.


Hino

Autores: Jorge Bodart e Roberto Ferreira

Intérprete: Jorge Bodart

Tu és a alegria do povo,
Gigante Tricolor da Baixada,
Espírito guerreiro de Campeão.
Pra sempre no meu coração.

Majestoso Duque de Caxias,
Tuas cores são de esplendor,
Tua glória é minha euforia
Tua história de fé e de amor

É Duque de Caxias, campeão!
É raça! É luta! É fibra! É tradição!
É Duque! É Duque! É Duque campeão!
No grito da galera, no tom da emoção,
Orgulho da imensa nação

Link: http://www.youtube.com/watch?v=mzkhV889U4M

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *